20 de jun de 2010

CO2 da COpa

Pessoal,

A Copa da África do Sul emitirá 2,75 milhões de toneladas de CO2, segundo a InfoExame. A principal fonte de emissões é a quantidade de viagens internacionais (67 % das emissões totais).

Na Copa no Brasil as emissões serão ainda maiores, pois além das viagens dos torcedores de seus países até aqui, existem as grandes distâncias entre as cidades-sedes dos jogos.

As exigências ambientais para a Copa de 2014, incluem a compensação através do plantio de milhões de mudas, plantadas com qualidade, ou seja, com critérios de biodiversidade, orientação para o reflostamento e a legalidade dos viveiros de sementes e mudas.

Assim como a construção dos estádios, esta também é uma tarefa que está com o cronograma atrasado. Por exemplo, a Secretaria Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro informa que o Estado do Rio possui 70 viveiros, mas só 5 são certificados no Registro Nacional de Sementes e Mudas, exigido pelo Ministério da Agricultura.


De Martini

Encontro de Auditores


A ABENDI/RAC está organizando o 3º Encontro de Auditores.


Data: 24 de junho de 2010
Local: Mendes Convetion Center
Av. Gen. Francisco Glicério, 206 - 2º Andar
Santos/SP

" Este evento visa congregar os profissionais da área de auditorias de sistemas de gestão proporcionando a estes a oportunidade de troca de experiências e idéias, bem como tomar conhecimento dos avanços das respectivas normas de gestão e de auditorias, bem como trazer depoimentos de profissionais sobre casos e situações vivenciais em auditorias e avaliações". ( João Rufino Teles Filho - Coordenador técnico do 3º Encontro de Auditores de Sistemas de Gestão)

Objetivo:

Apresentar tendências nacionais e internacionais de Sistemas de Gestão e das suas Certificações.

Público:

  • Auditores
  • Organismos de Certificação e Treinamento
  • Empresas Certificadas
  • Demais profissionais da área

Temário

  • Tendências nacionais e internacionais dos sistemas de gestão;
  • Qualificação de Auditores para Certificação de Produtos;
  • Mecanismos para manutenção da capacitação dos auditores;
  • Importância das características pessoais dos Auditores;
  • Auditoria como instrumento que agrega valor a sua empresa.

Mais Informações:


SECRETARIA

Site: http://www.abendi.org.br/
E-mail: eventos@abendi.org.br

Telefone: (011) 5586-3197


11 de jun de 2010

RAC acreditado pelo INMETRO

RAC está oficialmente acreditado pelo Inmetro para certificar auditores

A Abendi, através do Registro de Auditores Certificados (RAC) está oficialmente acreditada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial, como Organismo de Certificação de Pessoal (OPC-002) para certificação de Auditores de Sistema de Gestão da Qualidade, Sistema de Gestão Ambiental e Auditores Ambientais.

A acreditação foi concedida oficialmente pelo INMETRO no dia 31/03/2010, depois que o RAC cumpriu com todas as exigências.

fonte: ABENDI


8 de jun de 2010

LIções do Vazamento nos EUA

Pássaro coberto com óleo (fonte: Boston)


Pessoal,

Este texto foi publicado no informativo da De Martini Ambiental. Para quem não leu, reproduzo o texto aqui no blog.

De Martini

O acidente com uma plataforma de petróleo no Golfo do México, em 20 de abril de 2010, novamente traz à tona pontos comuns com outros desastres ambientais e que devem servir como lições para o planejamento de sistemas de prevenção e controle de acidentes ambientais.

O vazamento nos EUA pode se tornar um desastre ambiental maior do que o acidente com o petroleiro Exxon Valdez, que, em 1989, derramou 41 milhões de litros de petróleo em uma área de vida selvagem no Alasca. Estes dois acidentes possuem falhas que também são verificadas em outros acidentes ampliados, tais como:

1. O desconhecimento por parte das autoridades sobre as quantidades envolvidas. O que parecia um vazamento controlável se transformou em um desastre ambiental potencialmente catastrófico nos EUA e ameaça destruir ecossistemas;

2. Ausência de Comunicação de Risco para para alertar o público e autoridades para o risco específico envolvido. Apenas 10 dias após o acidente o alerta de emergência ambiental foi acionado, quando a mancha de óleo chegava na costa do estado da Louisiana; e

3. A ausência de um Plano de Emergência eficaz.


Desde que seja citada a fonte, permitimos a reprodução, em qualquer meio, de trechos ou da íntegra deste informativo, sem necessidade de autorização prévia.