14 de mai de 2010

Nova DZ-56 (Auditoria Ambiental Legal)

A nova Resolução CONEMA n° 21, de 07/05/2010, publicada hoje, aprova a DZ-056. R-3 - DIRETRIZ PARA REALIZAÇÃO DE AUDITORIA AMBIENTAL que dispõe sobre as novas responsabilidades, os procedimentos e os critérios técnicos para a realização de auditorias ambientais, como instrumento do sistema de licenciamento ambiental no Estado do Rio de Janeiro.

Na nova DZ-56 destacam-se os seguintes tópicos:

- AUDITORIA AMBIENTAL DE CONTROLE: realizada a cada renovação ou requerimento de licença ambiental para verificação detalhada do desempenho ambiental da organização em operação, com base em conformidade legal e em suas políticas e práticas de controle.

- AUDITORIA AMBIENTAL DE ACOMPANHAMENTO: realizada a cada ano, com ênfase no acompanhamento do Plano de Ação da última auditoria ambiental, complementando-o com novas medidas advindas de eventuais exigências do órgão ambiental, alterações significativas nos aspectos e impactos ambientais, mudanças em processo, entre outros.

- O fomento para a melhoria do desempenho ambiental das empresas através da avaliação de INDICADORES DE DESEMPENHO AMBIENTAL.

- A obrigatoriedade de auditorias ambientais periódicas anuais para as empresas Classe 4, 5, 6, conforme estabelecido no Manual de Classificação de Atividades Poluidoras (MN-050).

METODOLOGIA DE MARTINI: A De Martini Ambiental é pioneira na realização de auditorias ambientais como exigido pela DZ 56 do INEA e Resolução CONAMA 306 (instalações portuárias, plataformas e refinarias), já tendo realizado mais de 250 auditorias.

A metodologia da De Martini Ambiental proporciona um parecer idôneo e independente de gerenciamento ambiental da empresa.

A De Martini Ambiental só atua com auditores com experiência prática, o que permite uma compreensão confiável e a identificação de oportunidades de melhoria que ajudarão na melhoria do negócio da empresa.

As auditorias são coordenadas por Luiz Carlos De Martini Junior, auditor de conformidade legal e Auditor Líder Certificado.

Desde que seja citada a fonte, permitimos a reprodução, em qualquer meio, de trechos ou da íntegra deste informativo, sem necessidade de autorização prévia.

Nenhum comentário: